sexta-feira, 20 de maio de 2022

DILSON OLIVEIRA EXPLICA O QUE O MOTIVOU A INGRESSAR NA POLÍTICA




Nota Oficial

O apresentador e radialista, Dilson Oliveira, encerrou no último dia 13 de maio as suas atividades na Tv e Rádio Jornal de Caruaru para se dedicar a sua pré-candidatura a Deputado Estadual.

Convidado por diversas vezes para ingressar na política, o conhecido “Amigo do Povo”, Dilson Oliveira, será enfim candidato pelo partido União Brasil. E apoiará a candidatura de Miguel Coelho ao governo de Pernambuco.

Nesta sexta (20), por meio das redes sociais, Dilson encaminhou uma carta ao povo de Pernambuco, declarando as suas intenções e enfatizando os motivos que o levaram a ingressar na política.

Segue na íntegra:

CARTA AO POVO PERNAMBUCANO

Nesse momento em que mudo os rumos da minha vida, percebo ainda mais um povo carente e que vem sendo a cada dia esquecido por quem deveria oferecer cuidado.

Todos nós somos os responsáveis pelo futuro da nossa cidade, do nosso estado e do nosso país. Mas esse futuro precisa ser construído agora, no presente.

Como teremos o futuro que desejamos se não ajudarmos a construí-lo de agora?

A pergunta que mais tenho ouvido nos últimos dias é: “Por que Dilson Oliveira vai entrar na política?”

A resposta não é porque, e sim, para quê.

Para assumir a responsabilidade de representar o interesse do povo dentro da política. Pois, sempre pautei o meu trabalho em ajudar, defender e lutar pelo povo.

Por isso, decidi dar um passo adiante.

O nosso povo tem voz e a essa voz precisa ser ouvida. A nossa voz precisa ser ouvida, como era no rádio e na tv, agora também na política.

O que me move é a esperança e o entusiasmo de poder construir um Pernambuco com a nossa cara, com a cara do nosso povo.

Quero apresentar soluções para os nossos desafios, com vigor, energia e coragem.

Acredito que juntos podemos transformar o futuro do Pernambuco e construir uma nova história.

Eu sou Dilson Oliveira, e entrego aqui o meu nome para levar a sua voz como Pré-Candidato a Deputado Estadual de Pernambuco.

O futuro é agora.

DILSON OLIVEIRA