quinta-feira, 9 de dezembro de 2021

FORRO É DECLARADO PATRIMÔNIO CULTURAL E IMATERIAL BRASILEIRO. MINISTRO E PRESIDENTE COMEMORAM.

  



Nesta quinta-feira (09), o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), declarou o ritmo forró como patrimônio imaterial brasileiro por unanimidade. O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, comemorou a boa notícia sobre uma das maiores representatividades do nordeste, ao lado do Presidente da república Jair Bolsonaro. 

A definição aconteceu em uma reunião extraordinária do Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural da entidade, que também considerou a expressão musical como supergênero. O processo estava aberto desde o ano de 2011.



Ainda segundo o Iphan, o forró foi considerado supergênero por agregar ritmos e expressões musicais como o baião, o xote, o xaxado, o chamego, o miudinho, a quadrilha e o arrasta-pé.