quinta-feira, 17 de março de 2022

NOVO GALPÃO DA CEACA É ENTREGUE PARA COMERCIANTES




A Prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, entregou, na manhã desta quarta-feira (16), o novo galpão João Lyra Filho, para comercialização dos feirantes da Central de Abastecimento (Ceaca). Com novas oportunidades de negócios, o espaço, com 2.000m², irá ampliar a capacidade de venda e o abastecimento da região Agreste, bem como aumentar a geração de emprego e renda da população e beneficiar os comerciantes que vendem frutas e verduras no local.

O galpão foi construído visando suprir a demanda de feirantes que serão realocados de outros espaços dentro da Ceaca e que pretendem iniciar ou ampliar as atividades no espaço atacadista.

Atualmente, a Central de Abastecimento conta com 700 comerciantes que comercializam diariamente no local e que geram mais de 2.000 empregos diretos.

Para a Prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, a Ceaca é referência em abastecimento alimentício no Nordeste e a expansão irá gerar mais oportunidades de emprego para o município. “Caruaru tem uma vocação logística muito forte, que faz a gente ser uma cidade que chama a atenção de muita gente que quer empreender no nosso município. Então, a expansão da Ceaca vai garantir mais oportunidade para as pessoas”, disse.




Para a presidente da Ceaca, Thallyta Figueroa, a Central de Abastecimento exerce um papel fundamental na economia da região, além de fomentar a agricultura, movimentar o comércio e gerar empregos. “Hoje, inauguramos um novo espaço e isso representa a importância de cada dia modernizar esse local que contribui com a vida de tantas pessoas. Esse novo galpão será muito bom para os comerciantes e para a população de Caruaru. Para nós, o dia de hoje é de muita alegria e gratidão”, declarou.

CERTIFICADOS - Na oportunidade, a Prefeita Raquel Lyra também fez a entrega de certificados para mulheres que participam do projeto Qualifica Desperdício Zero, que tem como objetivos realizar capacitação para mulheres em situação de vulnerabilidade social e aproveitar, integralmente, partes não convencionais de alimentos, a fim de reduzir o seu desperdício e promover uma alimentação diversificada, nutritiva e sustentável, utilizando as cascas, entrecascas, talos, folhas e sementes em preparações culinárias.