segunda-feira, 13 de dezembro de 2021

RAQUEL LYRA ELOGIA ACORDO VOLTADO PARA O EMPREENDEDORISMO TECNOLÓGICO EM CARUARU




A Prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, esteve participando do evento que oficializou o contrato entre as empresas FBR e Squared Ventures, na manhã desta segunda-feira (13), no Porto Digital de Caruaru. Engajada sempre na execução e no apoio de medidas que possibilitem avanços à cadeia econômica local, a gestora municipal vem enxergando, neste acordo concretizado, uma grande oportunidade para que o empreendedorismo tecnológico se expanda ainda mais na Capital do Agreste, inspirado na trajetória de sucesso da FBR – uma iniciativa genuinamente caruaruense.

“Que essa parceria entre ambas as empresas animem outros negócios de Caruaru e do restante do Interior para que enxerguem, na tecnologia, a possibilidade de desenvolver e oferecer soluções, que impulsionem ainda mais as atividades do mercado. A FBR iniciou a sua trajetória na João Condé, tradicional rua do centro de Caruaru, e hoje vem prestando serviços tecnológicos com maestria para diversas empresas de todo país, gerando receita e empregos para a nossa cidade. A Prefeitura de Caruaru prossegue apoiando com entusiasmo iniciativas que proporcionem maiores integrações entre o mundo dos negócios e a conectividade digital”, destacou Raquel.



Criada em 2015, a FBR atua no mercado de telecomunicações e tecnologia da informação para pessoas jurídicas, oferecendo conectividade e infraestrutura digital. A empresa possui, como um dos seus principais produtos, a “Conexão Inteligente”, um processo de localização, qualificação, monitoramento e gestão de provedores de internet. Além disso, ainda disponibiliza a FBR Digital, que é uma das primeiras operadoras de internet 100% digital do Brasil, cobrindo mais 1,3 mil cidades em todos os estados do país.

Para um dos fundadores da FBR, Ascânio França, o contrato concretizado com a Squared Ventures chegou num momento especial para conquista de mercado. “Nos últimos quatro anos, registramos crescimentos anuais de dois dígitos, apesar da pandemia da Covid-19. Nosso foco serão empresas que tenham operações espalhadas pelo país, como grandes fabricantes de bens de consumo, redes varejistas, supermercados, faculdades, farmácias, bancos, centros de distribuição e assim por diante. Essas empresas precisam focar na essência de seus negócios e não podem desperdiçar tempo, energia e recursos cuidando de operações de telecom de terceiros”, disse.




A carteira de clientes da FBR inclui um dos maiores fabricantes de bebidas do mundo, duas das maiores redes varejistas do país (linhas branca e marrom), uma das principais redes de farmácias, três das maiores operadoras de telefonia do mercado nacional, dois bancos estatais, duas das maiores varejistas de moda do Brasil, entre muitos outros.

Para investir na FBR, a Squared Ventures utilizará recursos do fundo Saints. “Acreditamos que o trabalho feito até aqui pela FBR é um credencial para evoluir de forma acelerada e se tornar um dos maiores provedores de conectividade inteligente dedicada para negócios distribuídos do Brasil. A startup oferece o melhor custo-benefício para uma conexão inteligente para qualquer negócio no Brasil, nas grandes ou pequenas e remotas localidades, para qualquer empresa que tenha uma rede distribuída de pontos de presença em qualquer mercado”, avaliou o cientista-chefe da Squared Ventures, Sílvio Meira.