segunda-feira, 13 de dezembro de 2021

13 DE DEZEMBRO DIA DO FORRÓ: GILSON NETO RELEMBRA INÍCIO DA TRAJETÓRIA NA MÚSICA




Há décadas o forró faz parte da minha vida! Comecei como Artista em 1993 tocando até em Circo. Depois de quase 30 anos de carreira e 3176 apresentações, posso dizer que hoje, dia do Forró, dia do Aniversário de Luiz Gonzaga, o Presidente Bolsonaro vai tornar o que era de Fato, de DIREITO.

Somos Patrimônio Cultural Imaterial do país. Forró, manifestação cultural que revela a história do Brasil, nossas tradições e a força do nosso povo, especialmente do Nordeste.

O Forró ser reconhecido como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil pelo Iphan, autarquia vinculada à Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, é motivo de orgulho e alegria. O Forró que já deveria ter sido reconhecido há décadas e só agora que foi reconhecido.




Não poderia passar por aqui, sem ter lutado por isto. Obrigado a toda a equipe do Iphan, da Secult e do Mtur, fundamental para que isso acontecesse. Obrigado, Presidente Bolsonaro pela confiança no nosso trabalho, essa é mais uma decisão do nosso governo que ficará como legado para nossa população.

Viva o Forró! Viva Luiz Gonzaga! Viva o Brasil!