quarta-feira, 10 de novembro de 2021

PROGRAMAÇÃO EM ALUSÃO AO MÊS DA CONSCIÊNCIA NEGRA É REALIZADA EM CARUARU





A Prefeitura de Caruaru, por meio das secretarias de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SDSDH), Políticas para Mulheres, Saúde e Educação e Esporte, em parceria com o Conselho Municipal de Igualdade Étnico-Racial (Coppir), está realizando, durante o mês de novembro, atividades alusivas ao Mês da Consciência Negra.

Palestras, promoção de fóruns, encontros e atividades, que têm como objetivo enfrentar as discriminações em torno da população negra, bem como valorizar as expressões artísticas, fazem parte da programação. Além disso, serão promovidos debates sobre racismo, discriminação, igualdade social, inclusão de negros na sociedade e a cultura afro-brasileira.

O Dia Nacional da Consciência Negra é celebrado, no Brasil, em 20 de novembro. A data foi criada em 2003, mas só foi oficialmente instituída, em âmbito nacional, mediante a Lei nº 12.519, em 10 de novembro de 2011. A ocasião é dedicada à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira.

A data foi escolhida por coincidir com o dia atribuído à morte de Zumbi dos Palmares, em 1695, um dos maiores líderes negros do Brasil, que lutou pela libertação do povo contra o sistema escravista.

“O Dia da Consciência Negra é considerado importante no reconhecimento dos descendentes africanos e na construção da sociedade brasileira. Então, reforçamos a necessidade do compromisso com o enfrentamento ao racismo na nossa cidade, na perspectiva de um trabalho que se desenvolve ao longo do ano, que, de forma intersetorial, ganha força no enfrentamento à violência, dando suporte à cidadania, qualidade de vida, educação e saúde da população negra”, explicou o secretário de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Carlos Braga.

“Esse é o momento de reunir grandes nomes da luta e militância constante das pautas de enfrentamento ao racismo, de apresentar uma união de personalidades, artistas, movimentos e grupos que estarão realizando intervenções, ensinando e compartilhando experiências e vivências. O Coppir, junto à Prefeitura, teve a atenção e o cuidado em realizar diálogos para apresentar esse momento importante na história de Caruaru”, ressalta o presidente Coppir, Felipe Sales.

Confira a programação:

Data: 03/11
Horário: 8h
Local: UBS Riacho Doce, na comunidade quilombola de Carapotós - Atividade com as crianças.
Atividade: Roda de diálogo sobre a cultura quilombola, a partir das brincadeiras das crianças e de seu cotidiano, buscando apreender sentidos e significados quanto à dinâmica cultural e sua importância para a identidade da comunidade.

Data: 03/11
Horário: 18h
Local: Teatro do Sesc-Caruaru
Atividade: Apresentações culturais, com dança do ventre (dançarina Vânia Porto), grupo Ori Cia. de Dança, capoeira com Positivo, rapper Edy, grupo de hip hop Invertmont Bigode Grosso.
Entrevista: Laura Maria Turbancista sobre protagonismo.
Palestra sobre consciência com Felipe Sales, presidente do Coppir-Caruaru.


Data: 03/11
Horário: 18h
Local: Cras Itaúna
Atividade: Palestra sobre enfrentamento ao racismo para mulheres idosas do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, de Itaúna.


Data: 05/11
Horário: 13h
Local: Serra Verde
Atividade: Projeto Raízes da Resistência

Data: 05/11
Horário: 18h
Local: Biblioteca do Sesc
Atividade: Projeto Letras Pretas - geral / curta-metragem “Carolina”, de Gabriela Alcântara CI. 14 anos / 21’30 / suspense - lançamento do livro “Inflama”, de Maria Ferrera. Mediação Carol Silva.


Data: 06/11 e 07/11
Horário: 09h às 17h
Local: Tejota Ateliê - Rua Cônego Luís Gonzaga, 78 - Nossa Sra. das Dores, Caruaru.
Atividade: Oficina – Princípios Básicos da Fotografia
Facilitadora: Fotógrafa Maria Ferreira
Inscrições em @coppir_caruarupe
Vagas Limitadas


Data: 08/11
Horário: 13h
Local: Cras Itaúna
Atividade: Palestra sobre enfrentamento ao racismo para mulheres idosas do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, de Itaúna.


Data: 09/ 11
Horário: 13h
Local: Casa da líder comunitária
Atividade: Palestra sobre enfrentamento ao racismo, para mulheres da oficina de crochê, em Guaribas.


Data: 09/11
Horário: 19h
Local: Terreiro T’y A’zirLadê
Atividade: Projeto Mulheres De Axé


Data: 11/11
Horário: 8h
Local: Nova Caruaru – Grupo Saúde na Praça
Atividade: Roda de conversa sobre a violência e desigualdade étnico-racial.


Data: 16/11
Horário: 8h
Local: Centro de Saúde Boa Vista
Atividade: Roda de conversa – orientações sobre doenças genéticas que acometem a população negra.


Data: 16/11
Horário: 8h
Local: Academia da Saúde do Vassoural
Atividade: Roda de conversa sobre a contribuição da cultura na alimentação brasileira e aula de dança com base na cultura africana.


Data: 17/11
Horário: 8h
Local: AME Pedro Justino
Atividade: Roda de conversa sobre a violência e desigualdade étnico-racial.


Data: 18/11 e 19/11
Horário: 14h
Local: Centro Integrado de Direitos Humanos - Av. da República,557, Divinópolis
Atividade: Minicurso - Por uma literatura afro-brasileira: vida e obra de autores negros.


Data: 19/11
Horário: 15h
Local: Biblioteca do Sesc
Atividade: Projeto Letras Pretas – Infantil/Animação “Nana e Nilo”. Contação de histórias com Carol Silva.


Data: 20/11
Horário: 14h
Local: Auditório do CIDH
Atividade: Sarau multicultural e sessão de fotografia - personalidades negras, jovens protagonistas do Projeto Juventude Vitalina.


Data: 21/11
Horário: 7h
Local: Buíque
Atividade: Projeto Estreitando Laços.


Data: 21/11
Horário: 16h30 às 18h20
Local: Tejota Ateliê - Rua Cônego Luís Gonzaga, 78 - Nossa Sra. das Dores.
Atividade: Ateliê Tejota/longa-metragem “Quanto vale ou é por kilo?", de Sergio Bianchi (CI. 14 Anos/104’/Drama).


Data: 22/11
Local: Terreiro no Território do Centenário
Atividade: Roda de conversa sobre segurança alimentar, nutricional e inclusão produtiva para a comunidade tradicional de matriz africana e povos de terreiro.


Data: 24/11
Horário: 8h
Local: Residencial Luiz Bezerra Torres
Atividade: Roda de conversa sobre a violência e desigualdade étnico-racial.


Data: 25/11
Local: CIDH
Atividade: Cine afro apresenta: doutor Luiz Gama
Mediadores: Fael Bezerra e Joana Figueirêdo.

Data: 25/11
Atividade: Palestra com enfoque na promoção da cultura de paz, cidadania e direitos humanos aos alunos do ensino médio.


Data: 26/11
Horário: 8h30
Local: Auditório do CIDH
Atividades: Formação com servidores da assistência social, diálogos sobre antirracismo e inclusão das pessoas com deficiência
Especialista em Educação e Aba: Marta Gomes (Espaço Tatear).


Data: 26/11
Horário: 18h às 18h40 e 19h às 20h30
Local: Biblioteca do Sesc
Atividade: Projeto letras pretas – juvenil/curta-documentário “Carubeat, batalha do marco” (CI. 14 anos/11’25/doc/. Lançamento do livro “Light in thesky”, de Urbano Leafa.


Data: 27/11
Local: Tejota Ateliê - Rua Cônego Luís Gonzaga, 78 - Nossa Sra. Das Dores - Caruaru
Atividade: Workshop de Áudio Visual – Inscrições em @coppir_caruarupe - Vagas limitadas


Data: 27/11 e 28/11
Horário: 9h às 19h
Local: Escola Municipal Professor Altair Nunes Porto
Atividade: III Edição do Batalha de Hip Hop Rachando o Pé Invertemon Bigode Grosso


Data: 30/11
Horário: 14h às 17h e 18h às 21h
Local: Teatro do Sesc
Atividade: Consciências de uma Tarde Negra - Apresentações culturais: grupo Suíte de Barro, grupo de capoeira Raça Nobre, rapper Edy e peça teatral dirigida por Ícaro e Rosberg.
Entrevistas: com os artistas Positivo, Boneca, poeta Oatrícia e o ator e diretor, Smith.
Mediadora: Carol Silva
Apresentações culturais: dança do ventre (dançarina Vânia Porto?, grupo Ori Cia de Dança, capoeira com Positivo, poesia com urbano Leafa
Entrevistas: com o babalorixá e influencer digital, Jeremias Aquino, sobre o protagonismo do canal a Cor do Asé, com Mametu Chris Mendes de Dandalunda e música
Mediador: Felipe Sales, presidente do Coppir - Caruaru