sábado, 6 de novembro de 2021

MOVIMENTO LEVANTA PERNAMBUCO OUVE QUEIXAS DA MATA NORTE SOBRE FALTA DE ÁGUA




Quais os maiores desafios da Mata Norte? A falta de água que atinge a região que chega a ficar um mês com as torneiras vazias foi o problema mais apontado pela população em Vicência neste sábado, 06, em mais uma edição do Movimento Levanta Pernambuco. A iniciativa do PSDB – PL – PSC e Cidadania está promovendo debates com a população por todo o estado.

“Imagina se a gente tivesse água, estrada, se a saúde funcionasse direito? O que ouvimos neste encontro de hoje é mais uma radiografia do Pernambuco real, que sofre sem água em casa e sem oportunidades. O nosso movimento representa essa escuta qualificada sobre os desafios que o nosso povo enfrenta e a necessidade de pensar sobre o desenvolvimento de Pernambuco que dialoga com o sonho da esperança de nossa gente”, destacou a prefeita de Caruaru e presidente do PSDB Pernambuco, Raquel Lyra.

“O problema da falta d’água nas casas dos pernambucanos já se tornou uma das principais reclamações por onde andamos. E nesse encontro do Movimento Levanta Pernambuco, em Vicência, não foi diferente. São mais de 800 mil pessoas dos 19 municípios da Mata Norte que só veem água sair da torneira de vez em quando. Isso precisa acabar. Água é um bem básico e um direito de todos”, reforçou o prefeito de Jaboatão e presidente do PL no estado, Anderson Ferreira.





A importância de ouvir a população por todo o estado foi ressaltada pelo deputado federal André Ferreira, presidente do PSC. “Essa é a hora de levantar Pernambuco”, afirmou. Já o prefeito de Vicência, Guiga Nunes (Cidadania), afirmou que o debate é necessário porque o estado e a Mata Norte precisam de outras formas de desenvolvimento. “A nossa região não pode ficar esquecida, abandonada. Precisamos avançar de forma igualitária”, reforçou.

No encontro, o ex-senador Armando Monteiro apontou que chegou o momento de Pernambuco devolver à Zona da Mata muito do que ela pôde dar ao estado ao longo do tempo. “Eu tenho certeza que essa agenda está aberta para incorporar novas lideranças, ampliando o movimento a cada dia”, complementou. “A Compesa hoje não pertence ao povo do nosso estado”, ressaltou o deputado federal e presidente do Cidadania, Daniel Coelho. “Precisamos resgatar a Compesa, que precisa servir ao pernambucano. Não é admissível o que vimos aqui, com tanta gente sem abastecimento de água. Isso tá acontecendo na Mata Norte, na Mata Sul, na Região Metropolitana do Recife, em todo o estado”, finalizou.

O prefeito de Vertentes Romero Leal (PSDB); o ex-deputado Rildo Braz, os vice-prefeitos, Eder Waltter(Vicência) e Antônio do Egito (Catende), o vereador do Recife Fred Ferreira (PSC), o empresário Celso Muniz, os ex-prefeitos Nado Coutinho (Nazaré da Mata) e Cido Plácido (Machados) e lideranças de toda a Mata Norte também marcaram presença.


Fotos: Tiago Calazans