domingo, 12 de setembro de 2021

ABRAÇO SIMBÓLICO MARCA O SETEMBRO AMARELO DO TRANSFORMA CARUARU

O objetivo foi chamar a atenção da população para a prevenção e o combate ao suicídio




Um abraço simbólico marcou o dia 'D' do Setembro Amarelo do Transforma Caruaru, na noite da última sexta-feira (10). A ação aconteceu na Via Parque, em frente ao Grande Hotel. O objetivo foi chamar a atenção para o mês que intensifica ainda mais a prevenção de combate ao suicídio.

A programação contou com encenação teatral sobre o tema, apresentação musical e culminou com o abraço simbólico ao redor do letreiro com o nome Caruaru. Os voluntários do Transforma, na ocasião, também abordaram as pessoas que passavam pelo local para falar da importância de tratar sobre o assunto.

"No dia 'D' do Setembro Amarelo do Transforma Caruaru, voluntários e representantes de ONGs tiveram no abraço simbólico uma forma de demonstrar acolhimento a todos aqueles que precisam", disse a coordenadora do Transforma Caruaru, Chistianny Magalhães. "Através de músicas, conversas e apresentação teatral, contribuímos um pouco para quebrar esse tabu. Falar de suicídio é falar sobre vidas", concluiu Christianny Magalhães.

Setembro Amarelo

Desde 2014, a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), em parceria com o Conselho Federal de Medicina (CFM), organiza nacionalmente o Setembro Amarelo. O dia 10 deste mês foi, oficialmente, o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, mas a campanha acontece durante todo o ano.

De acordo com a ABP são registrados mais de 13 mil suicídios todos os anos no Brasil e mais de 1 milhão no mundo e, cada vez mais, entre os jovens. Ainda segundo a associação, cerca de 96,8% dos casos de suicídio estão relacionados a transtornos mentais. Em primeiro lugar está a depressão, seguida do transtorno bipolar e do abuso de substâncias.

Foto: Itaquê Fontinelle