quarta-feira, 25 de agosto de 2021

DERMATITE SEBORREICA AUMENTA NOS JOVENS EM PERÍODOS QUE ANTECEDEM PROVAS




É muito comum os estudantes ficarem ansiosos em períodos que antecedem as provas, principalmente quando avaliações mais rígidas como o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) estão se aproximando. De acordo com a terapeuta capilar Leidiane Márcia, a tensão pré-vestibular nos jovens se transforma em autocobrança e o estresse gerado acaba levando ao aparecimento de patologias no couro cabeludo, como a dermatite seborreica, muito comum nessa faixa etária.

Esse tipo de inflamação cutânea pode estar associado à pré-disposição genética ou ser desencadeado por agentes externos, como o estresse emocional, levando assim a uma descamação no couro cabeludo, sobrancelhas e região retroauricular, associada a prurido e eritema.

“Isso acontece porque no nosso sistema tegumentar existem mediadores cutâneos que levam comandos até às células do folículo piloso e pele, causando toda essa disfunção e inflamação no couro cabeludo”, explica a especialista em terapia capilar.




O tratamento para a dermatite seborreica consiste em diminuir o processo inflamatório através de recursos disponíveis na terapia capilar, associado ao uso de cosmecêuticos indicados com ação calmante e anti-inflamatória para uso em casa.

Leidiane Márcia é cabeleireira há 10 anos, terapeuta capilar com formação pela Academia Brasileira de Tricologia e tem certificação em tratamentos pré e pós transplantes capilares pela Escola Nacional de Terapias Integrativas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário