terça-feira, 7 de junho de 2022

AÇÃO CONJUNTA DA PF DA PARAÍBA, PERNAMBUCO E MARINHA APREENDEM 40 TONELADAS DE CIGARROS




O Núcleo de Polícia Marítima de Pernambuco, em conjunto com o Núcleo de Polícia Marítima do Rio Grande do Norte e Militares da Marinha do Brasil lograram êxito em apreender 40 toneladas de cigarros contrabandeados (2.700 caixas de cigarros) em dois navios de médio porte. Foi a primeira vez que policiais federais e militares do grupo de vistoria do Navio Araguari realizaram a abordagem, quase que simultânea, de dois alvos de interesse.

Segundo a Polícia Federal, outro fator que tornou essa operação peculiar foi o tamanho das ondas, decorrentes das fortes chuvas e ventos que atingiram a região nas últimas semanas. Essa combinação em alto mar dificultou bastante o trabalho das equipes de abordagem para as embarcações alvo. Por fim, os doze presos em flagrantes foram conduzidos no Navio Araguari até o porto de Cabedelo/PB, juntamente com os navios e carga apreendidos.

Essa parceria com a Marinha do Brasil foi de fundamental importância para o êxito da operação, tendo em vista os níveis de complexidade e risco que essa ação exigiu.






Ainda de acordo com a PF, os envolvidos serão autuados pelo crime contido artigo 334 do Código Penal Brasileiro (contrabando – importar ou exportar mercadoria proibida), que prevê pena de reclusão de 2 a 5 anos.

A ação contou com o apoio das Superintendências Regionais da Polícia Federal na Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte, bem como do 3ª Distrito Naval da Marinha do Brasil, sediado em Natal. Essa é a terceira ação conjunta no ano de 2022 entre a Polícia Federal e a Marinha do Brasil onde foi possível a apreensão de cigarros contrabandeados transportados pelo modal marítimo, totalizando mais de 150 toneladas de cigarros apreendidos em águas territoriais brasileiras.

Fotos: Polícia Federal