segunda-feira, 21 de fevereiro de 2022

FISIOTERAPIA PÉLVICA É INDICADA PARA TRATAMENTO DE INCONTINÊNCIA URINÁRIA




A incontinência urinária é definida como qualquer perda involuntária de urina, segundo a International Continence Society (ICS). Um dos tratamentos mais indicados é a fisioterapia pélvica, que auxilia o paciente a controlar a disfunção, atuando também na melhoria da qualidade de vida de quem sofre com essas perdas urinárias.

A fisioterapeuta pélvica Rafaela Soares, da Clínica Corpo e Mente, explica que nenhuma perda de urina é normal e o diagnóstico precoce feito por profissionais especializados ajuda a conter os avanços. “É importante ficar atento aos sinais e procurar um fisioterapeuta pélvico o quanto antes”, afirma Rafaela, que tem especialização em disfunção do assoalho pélvico e obstetrícia

Subdividida em incontinência urinária de esforço (IUE), incontinência urinária de urgência (IUU) e incontinência urinária mista (IUM), essa disfunção deve ser vista com atenção. A IUE ocorre quando o indivíduo perde urina após um esforço, por exemplo, tossir, espirrar, agachar ou pegar peso. A IUU é quando ocorre perda de urina no caminho para o banheiro, o indivíduo sente aquela urgência de urinar, mas não consegue chegar a tempo. Já a IUM é quando se apresentam os dois tipos de sintomas da IUE e IUU.

Programação do São João de Caruaru 2022