terça-feira, 4 de janeiro de 2022

JANEIRO BRANCO: SAÚDE MENTAL DE JANEIRO A JANEIRO




O mês de janeiro é conhecido pela campanha que tem como objetivo chamar a atenção para as questões e necessidades relacionadas à saúde mental e emocional das pessoas, discutindo a relevância desse cuidado.

Janeiro foi escolhido por representar o início, como uma página em branco, pronta para ser escrita, levando as pessoas a uma reflexão sobre escreverem ou reescreverem a sua própria história, focando na saúde mental.

Em Caruaru, a população pode buscar os serviços de saúde mental de duas formas. Pela Atenção Básica, buscando atendimento nas Unidades Básicas de Saúde, onde serão direcionadas para o atendimento psicológico ou psiquiátrico, conforme a necessidade de cada paciente, ou pelos Centros de Atenção Psicossocial (Caps), que são unidades especializadas em saúde mental para tratamento e reinserção social de pessoas com transtorno mental grave e persistente.

Os centros oferecem um atendimento interdisciplinar, composto por uma equipe multiprofissional, que reúne médicos, assistentes sociais, psicólogos, psiquiatras, entre outros especialistas.

A unidade oferece ainda grupo-terapia, escuta individual, grupos de movimento, consultas psiquiátricas, atividades manuais e de artesanato, direcionamentos socioassistenciais, trabalho em rede de reinserção do usuário ao território através de ações com demais serviços, entre outros.

Caruaru conta com dois Caps, sendo um voltado para atenção à crise de pacientes com transtorno mental e outro voltado para transtornos decorrentes de uso abusivo de álcool e outras drogas.

Fotos: Janaína Pepeu