sábado, 4 de dezembro de 2021

CONSELHO EXECUTIVO DA OMT APROVA INSTALAÇÃO DE ESCRITÓRIO REGIONAL NO BRASIL

Em Madrid, durante Assembleia Geral, ministro Gilson Machado Neto defendeu a instalação no país



O Brasil foi confirmado oficialmente, nessa sexta-feira (03), em Madrid, na Espanha, como sede de um dos escritórios regionais da Organização Mundial do Turismo (OMT) no mundo. O anúncio foi feito após 114ª Reunião do Conselho Executivo, pelo secretário-geral da OMT, Zurab Pololikashvili. A decisão ocorre um dia depois de o ministro Gilson Machado Neto discursar em Assembleia Geral e defender instalação no Brasil. O objetivo é que o escritório seja inaugurado em meados de 2022.

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, que esteve em Madrid nesta semana para articulação dos detalhes finais do acordo, comemorou o resultado e destacou o potencial do Brasil. As negociações para a instalação de um escritório regional da OMT no Brasil acontecem desde 2020. Este será o primeiro escritório da entidade nas Américas e terá a função de alinhar medidas para fortalecer o setor e divulgar não apenas do Brasil como de todo os países das Américas.

O Conselho da OMT também a análise da instalação de outras escritórios na Argentina e no Morrocos. “Essa é uma vitória do povo brasileiro, que encontrou no governo do presidente Bolsonaro um forte apoio ao turismo e à valorização no nosso país como nação”, disse. “Não tenho dúvidas de que com esse decisão ganham todos os países da região e, especialmente, ganha a OMT, que contará, nos próximos meses e anos com mais três Escritórios Regionais”, afirmou o ministro.




De acordo com Gilson Neto, a abertura do escritório no Brasil permitirá que a OMT seja mais efetiva e presente na região, promovendo ações para todo o continente. “Nossa região tem uma variedade de possibilidades, é rica em cultura antiga e moderna e tem uma natureza maravilhosa e exuberante para oferecer aos turistas de todo o mundo. O turismo de natureza e o ecoturismo têm um futuro brilhante, como todos sabemos”, explicou.

A Assembleia Geral da Organização Mundial do Turismo ocorre a cada dois anos e é responsável por aprovar o orçamento, o programa de trabalho e debater assuntos de fundamental importância para o setor de turismo. Já o Conselho Executivo da OMT, do qual o Brasil é membro eleito com mandato de 2021 a 2025, é responsável por implementar as decisões e as recomendações da Assembleia Geral. A Assembleia Geral da OMT também aprovou temas como o Código Internacional de Proteção do Turista.