quinta-feira, 14 de outubro de 2021

MELHORA DO CENÁRIO PANDÊMICO EM CARUARU POSSIBILITA RETOMADA DE SERVIÇOS DE SAÚDE

Oferta dos serviços foi possível graças à redução de demanda causada pela pandemia do novo coronavírus




Nos últimos quatro meses, o Hospital Municipal Manoel Afonso (HMMA), referência no tratamento da Covid-19 no município, vem apresentando os mais baixos números de internação nas enfermarias e ocupação dos leitos de UTI da rede municipal, tendo alcançado 20% da ocupação de leitos de UTI Covid e 6% na ocupação de leitos de enfermaria Covid, nesta quinta-feira (14).

Devido à baixa demanda de casos no HMMA, a unidade passou a contar, desde o dia 1° de outubro, com 15 novos leitos de clínica médica, que são para a retaguarda das urgências e emergências destinados à internação de pacientes para casos que não sejam de Covid-19.

Somado isso ao avanço da vacinação, que alcançou 100% da população adulta do município com, pelo menos, uma dose da vacina e mais de 60% com as duas doses, o município segue trabalhando no combate à doença.

Pensando em como retornar os serviços essenciais e garantir celeridade às demandas reprimidas durante a pandemia da Covid-19, a Prefeitura de Caruaru, por meio da Secretaria de Saúde, requalificou o Centro de Saúde do Bairro Boa Vista, que vinha assistindo à população com serviços de urgência e emergência através da Upinha, para retomar o seu propósito inicial, que é prestar serviço ambulatorial à população do bairro. Uma das novidades do espaço é que, agora, a unidade conta com uma sala de vacinação ampla e bem equipada para garantir melhor assistência à comunidade.

Paralelo à requalificação do novo CS Boa Vista, outras medidas foram adotadas pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), como buscar avanços na fila de espera causada pela suspensão das cirurgias eletivas durante a pandemia. Com a medida de ampliação das cirurgias, o município terá um aumento de 178% em relação ao 1º semestre de 2021.

Durante a pandemia, as cirurgias eletivas (consideradas não emergenciais) foram suspensas no dia 20 de março de 2020. No mês de agosto de 2020 foram liberadas apenas as cirurgias de casos suspeitos de câncer e biópsias. Só no dia 1º de julho deste ano que todas as cirurgias foram liberadas.

“Com a liberação das cirurgias por parte do Governo do Estado e com a ampliação da nossa capacidade, vamos dar celeridade a todos esses procedimentos que estavam em fila de espera, causada pela pandemia da Covid-19. Com todo cuidado e seguindo os protocolos necessários para o momento, vamos priorizar a saúde de cada caruaruense, que aguarda por uma cirurgia, consulta ou procedimentos no município", disse a secretária de Saúde de Caruaru, Bárbara Florêncio.

Entre os procedimentos, estão colposcopia, que passou de 60 exames realizados no mês de junho para 243 no mês de setembro, totalizando 505 exames de junho a setembro. 106 exames do tipo coagulograma, realizados em junho para 760 em setembro, totalizando 2.159 exames. Antes, o exame era realizados duas vezes na semana. Atualmente, é feito de segunda a sábado, devido ao mutirão. 608 consultas cardiológicas foram realizadas em junho, já em setembro esse número chegou a 2.057, totalizando 5.665. A especialidade ganhou o incremento de quatro novos profissionais. Além de outros procedimentos e consultas que tiveram aumento significativo dentro deste mesmo período.

Em alusão ao Outubro Rosa, um novo mutirão foi criado. Serão ofertados mil mamografias para dar celeridade à fila de espera pelo procedimento.

Foto: Janaína Pepeu