quinta-feira, 14 de outubro de 2021

ATLETA DE CACHOEIRINHA SE TORNA CAMPEÃ MERCOSUL DE FISICULTURISMO

A fisiculturista Cidinha Araújo é a primeira mulher a conquistar o título




No último Sábado (09), a Atleta Wellness Cidinha Araújo ladeada por seu preparador físico e também marido Rafael dos Santos sagrou-se
Campeã Mercosul - Open Card Intenacional.

Realizado no Centro Universitário Ítalo Brasileiro, em Santo Amaro no interior Paulista, o evento reuniu atletas de várias regiões do Brasil e países sul-americanos.

Além da importante conquista, a fisiculturista foi premiada com o 'OPEN CARD' - um cartão classificatório para os próximos 2 anos nos principais eventos internacionais da WFF como o tradicional campeonato Mundial 'Mister Universe' - um dos maiores e mais representativos torneios no cenário do fisiculturismo mundial.

Ao longo dos seus 20 anos de muito treino, foco e disciplina, Cidinha acumula vários títulos de expressão sendo Vice-campeã do Torneio Sul Americano 2020, Campeã CBCM-PB, Campeã Overal CBCM 2020 entre outros destaques estaduais, nacionais e internacionais.

A atleta de Cachoeirinha, cidade da região agreste do estado, carinhosamente conhecida como 'Terra do Couro e do Aço' se diz bastante emocionada e feliz pela conquista. "Esse momento é muito significativo para mim, poder participar de uma competição com nível altíssimo e alcançar o OPEN CARD foi uma grande vitória. Para poder acessar esse nível de competição contei com a ajuda de vários incentivadores como o Instituto Esperança que contribuiu para eu estar presente na Copa Mercosul."

SUPERAÇÃO

Em meio a pandemia, Cidinha perdeu sua mãe e irmã em apenas 10 dias vítimas da Covid-19. Diante da dor da perda de seus entes a atleta vivenciou dias muito difíceis. "Com tudo que houve, foram momentos de profunda tristeza, com apoio do Rafael fui me restabelecendo. Foi uma grande superação!"

O preparador físico Rafael dos Santos, que também compete e treina há mais de 20 anos reforça todo o esforço e dedicação que sua esposa teve. "Geralmente iniciamos toda a preparação uns 3 meses antes dos eventos, com tudo que houve (infelizmente) pela pandemia, ela ainda se superou muito, e fizemos tudo em um curto período de 40 dias." Encerra.

APOIO DA COMUNIDADE

"Conhecemos de perto toda a trajetória e o trabalho sério feito há muitos anos pela Cidinha e o Rafael, profissionais sérios que buscaram sempre o incentivo ao esporte e qualidade de vida para população de Cachoeirinha e região, além do lindo trabalho social feito através de doações de cestas básicas em ação conjunta com o Instituto Esperança". Afirma Júlio Simões -Presidente do Instituto Esperança - Associação Civil sem fins lucrativos com amparo a comunidade carente e incentivo ao esporte.

Fotos: Rafael Dos Santos
Arte: WFF Brasil/ Divulgação