sexta-feira, 3 de setembro de 2021

VEJA A PROGRAMAÇÃO DA FESTA DE NOSSA SENHORA DAS DORES 2021





A festa da padroeira de Caruaru e também da Diocese, Nossa Senhora das Dores, que tem início no próximo domingo, dia 5 de setembro, é sempre uma data especial, e celebrada por milhares de fiéis que aguardam ansiosamente a chegada da festividade para estarem ainda mais unidos à Maria. Por dois anos consecutivos, devido à pandemia, o período é celebrado de maneira atípica, através de novas regras e protocolos de segurança, que não fazem perder a grandeza e beleza do momento de fé e devoção. As celebrações acontecem na Catedral, no Centro de Caruaru.

“Doce Coração de Maria, sede nossa salvação” é o tema que guiará as noites da festa, e é também o responsável por nos lembrar de maneira ainda mais intensa, nesses dias difíceis em que estamos vivendo, que a doçura do Coração de Maria sempre será o alento que necessitamos.

O tema da festa deste ano está totalmente ligado ao do ano anterior, onde suplicávamos a Virgem Santíssima: “Vosso olhar misericordioso a nós volvei”.

Em 2020, no primeiro ano que celebrávamos a festa em meio a pandemia, recorríamos com fervor ao olhar misericordioso da mãe, que nos ampararia e nos daria força para seguir. Assim se fez e, aqui estamos em 2021, completando a moção dada sobre o cuidado de Maria por nós.

“O título de Nossa Senhora das Dores remete também a todas as pessoas que todos os dias enfrentam suas cruzes, seus desafios e seus obstáculos. Assim, acreditamos que a doçura dela nos assiste em cada dificuldade, já que a Mãe das Dores soube acreditar, e com firmeza de fé, bem viver, a dor, estando de pé, diante do seu filho crucificado”, destaca o Padre Zenilson, pároco da Catedral de Nossa Senhora das Dores.

Programação:

Domingo (5) - Abertura
17h - Procissão motorizada com a bandeira da padroeira, saindo da Paróquia São José (Petrópolis)
18h15 - Concelebração eucarística presidida pelo Pe. Alexsandro Jorge (Caruaru)

Segunda (6)
12h - Santa Missa
17h - Novena
19h30 - Concelebração eucarística presidida pelo Pe. Rinaldo Pereira (Recife)
21h - Vigília da Juventude

Terça (7)
12h - Missa dos Romeiros
17h - Novena
19h30 - Concelebração eucarística presidida por Dom José Ruy, bispo diocesano de Caruaru

Quarta (8)
12h - Santa Missa
17h - Novena
19h30 - Concelebração eucarística presidida pelo Frei Abelardo (Caruaru)

Quinta (9)
12h - Santa Missa
17h - Novena
19h30 - Concelebração eucarística presidida pelo Pe. Antônio Márcio (Santa Cruz do Capibaribe)

Sexta (10)
12h - Santa Missa
17h - Novena
19h30 - Concelebração eucarística presidida pelo Pe. Jurandir Dias (Recife)

Sábado (11)
10h - Santa Missa em homenagem aos falecidos da Covid-19 e aos profissionais de saúde, presidida pelo Pe. Sivonaldo Pedro (Bonito)
17h - Novena
19h30 - Concelebração eucarística presidida pelo Helder Torres (Caruaru)

Domingo (12)
8h30 - Santa Missa com as crianças
11h - Santa Missa
17h - Novena
19h30 - Concelebração eucarística presidida pelo Frei Sormani

Segunda (13)
12h - Santa Missa
17h - Novena
19h30 - Concelebração eucarística presidida pelo Pe. Raphael Cordeiro (Caruaru)

Terça (14)
12h - Santa Missa
17h - Novena
18h30 - Procissão motorizada dos motociclistas
19h30 - Concelebração eucarística presidida pelo Pe. Eduardo César (Diocese de Bonfim-BA)

Quarta (15) - Dia de Nossa Senhora das Dores
6h - Alvorada festiva e ofício
7h - Ofício de Laudes Solene cantado pelos seminaristas do Seminário Nossa Senhora das Dores
8h – Santa Missa presidida pelo Pe. Renan Sebastião (Caruaru)
10h – Missa Solene presidida Dom José Ruy, bispo diocesano de Caruaru
15h – Missa presidida pelo Dom Luís Gonzaga Pepeu, arcebispo emérito de Vitória da Conquista-BA
16h – Procissão Motorizada com a imagem da padroeira saindo do Polo Caruaru
17h – Santa Missa presidida por Dom Severino Batista de França, bispo emérito de Nazaré-PE