sexta-feira, 3 de setembro de 2021

AFTAS: SAIBA COMO SE FORMAM E O QUE FAZER PARA ACABAR COM ELAS

Cirurgiã dentista explica causa e tratamento, e orienta sobre alimentação do paciente




Bem comum em meio população no mundo inteiro, as aftas nada mais são que pequenas úlceras sem grande profundidade e que podem surgir em diferentes regiões da boca, como língua, bochechas e lábios. Podem ser bastante dolorosas e gerar fortes incômodos no momento da alimentação do paciente. A cirurgiã dentista Luédja Araújo, explica a causa e o tratamento para essas lesões.

“As causas mais comuns para o surgimento das aftas são: traumas na região da boca, como pancadas, mordidas ou até mesmo traumas decorrentes do uso do aparelho ortodôntico, doenças inflamatórias e gastrointestinais, sistema imunológico debilitado ou ainda relacionadas a um período de estresse e ansiedade mto elevados. As aftas apresentam remissão espontânea após alguns dias do seu aparecimento, porém quando o paciente relata muito desconforto podem ser utilizadas pomadas e remédios tópicas na região que reduzem a inflamação e a dor”, ressalta.

A cirurgiã dentista destaca ainda meios que podem ajudar a se livrar das lesões, além de orientar sobre o cuidado com a alimentação durante o período da doença. “Aftas relacionadas a estresse e ansiedade podem ser amenizadas com atividades físicas terapias coadjuvantes que tratam o quadro e, consequentemente, irá ajudar na não formação delas. Quando a alimentação, deve-se evitar alimentos ácidos e muito condimentados, pois estes pioram o quadro ulcerativo”, conclui.