quinta-feira, 1 de julho de 2021

PREFEITURA DE CARUARU PARTICIPA DE LANÇAMENTO DO PROGRAMA ESCOLAS CRIATIVAS




Na ocasião, foi assinado o termo de parceria entre a Secretaria de Educação e Esportes de Caruaru e a Rede Brasileira de Aprendizagem Criativa (RBAC), idealizadora do projeto

A Prefeitura de Caruaru, por meio da Secretaria de Educação e Esportes (Seduc), através da Gerência de Tecnologia da Informação e Comunicação, participou, na última terça-feira (29), do lançamento do Programa Escolas Criativas. O evento foi transmitido pelo Facebook e YouTube e, na ocasião, foi assinado o termo de parceria entre a Seduc e a Rede Brasileira de Aprendizagem Criativa (RBAC), idealizadora do projeto. Secretários de Educação e/ou representantes das cidades contempladas estiveram participando.

A rede pública municipal de ensino de Caruaru foi uma das dez selecionadas para ingressar na primeira turma do Programa Escolas Criativas. Com isso, a Seduc estará integrada a uma comunidade ativa com outras redes de ensino e a adeptos da aprendizagem criativa no Brasil. A capacitação para implementação do Programa Escolas Criativas terá início neste mês de julho.

De acordo com Verônica Gomes, coordenadora da área de Adoção Sistêmica da RBAC, o objetivo do Escolas Criativas é fomentar a implementação de soluções inovadoras que ajudem a tornar a educação pública brasileira mais criativa, prazerosa, relevante, colaborativa e inclusiva para crianças na faixa etária de 6 a 12 anos. Apoiado pela Fundação Lemann e pela iniciativa Tech and Play, da Fundação LEGO, o projeto pretende abranger 500 mil alunos, em 20 redes de ensino, até 2024.

Para o secretário de Educação e Esportes de Caruaru, João Paulo Cêpa Decory, fazer parte do programa ampliará o repertório do ensino público municipal. “Ter parceiros como a Fundação Lemann, a Fundação LEGO e a Rede Brasileira de Aprendizagem Criativa permitirá que nossos professores conheçam novas metodologias e fortaleçam a inovação pedagógica na prática com os estudantes locais”, afirmou. “Vai ajudar também a buscar soluções que inspirem a expressão criativa de crianças em uma ampla gama de especialidades, que vão da computação criativa ao tinkering e à robótica”, completou.

Para conseguir entrar no programa, a rede municipal de ensino de Caruaru teve que participar de um processo seletivo composto por duas etapas: apresentação da proposta e entrevista. As propostas foram analisadas e selecionadas por um comitê de avaliação, levando em consideração os critérios de evidências de práticas escolares no espírito da aprendizagem criativa e o comprometimento institucional com a implementação e aprimoramento do programa.

Também foram analisados o comprometimento de líderes, gestores escolares e professores; a sustentabilidade da estrutura de formação e acompanhamento; a garantia de sustentabilidade do programa, bem como o potencial de escalabilidade, a diversidade em termos de tamanho da rede e a localização geográfica.

Ao ser contemplada com o Escolas Criativas, a Secretaria de Educação e Esportes contará com acompanhamento da equipe da RBAC, por meio de apoio técnico, educacional e logístico, para implementar seus projetos durante o período do programa.

“Vamos também ter a oportunidade de dialogar com parceiros renomados internacionalmente em aprendizagem criativa, a partir de eventos, webinar, entre outros, além de termos uma visibilidade nacional e internacional das iniciativas e conquistas realizadas pela comunidade da sua rede de ensino”, afirmou a gerente de Tecnologia da Informação e Comunicação da Seduc, Lays Rosiene.

Quem desejar assistir ao lançamento pode acessar o Facebook ou o YouTube da Fundação Lemann (facebook.com/fundacaolemann e youtube.com/FundacaoLemann).