domingo, 13 de junho de 2021

LIMOEIRO RETOMA ATIVIDADES ECONÔMICAS NESTA SEGUNDA-FEIRA (14)




Nesta segunda-feira (14), começa a valer um novo Plano de Convivência com a Covid-19 em Pernambuco. Nele, o Governo do Estado flexibilizou as medidas restritivas mais rígidas para diversas atividades econômicas em várias regiões, entre elas, a do Agreste Setentrional. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, a flexibilização para algumas regionais ocorreu por conta da diminuição da solicitação de leitos para internação em Unidades de Tratamento Intensivo (UTI), porém, o cenário ainda requer cuidados e protocolos sanitários.

Com a flexibilização, o comércio atacadista e varejista de Limoeiro, que esteve de portas fechadas durante mais de vinte dias, volta a funcionar de segunda a sexta, das 5h às 18h, e aos sábados, domingos e feriados, das 6h às 18h. Com relação aos bares, restaurantes, lanchonetes e similares, o plano determina que o funcionamento seja das 5h às 18h durante os dias de semana, e das 9h às 17h ou das 10h às 18h nos fins de semana. Os estabelecimentos devem seguir com todas as normas sanitárias estabelecidas pelos órgãos de vigilância.

Sobre o funcionamento das academias e similares, o Governo do Estado também autorizou a retomada das atividades, porém, dentro do período das 05h às 18h todos os dias da semana. Clubes sociais, esportivos e agremiações, além de salões de beleza também devem respeitar o este mesmo horário. Já para os escritórios comerciais e estabelecimentos de prestação de serviço, o documento permite o funcionamento de segunda a sexta, das 5h às 18h, e das 6h às 18h nos fins de semana. Para as igrejas e atividades religiosas, o Governo do Estado estabeleceu horário único para todos os dias da semana: 5h às 18h.

Com relação às aulas presenciais nas escolas, cursos e faculdades, a Prefeitura de Limoeiro determinou que na Rede Municipal de Ensino permanecem suspensas durante o mês de junho. As demais unidades de ensino ficam autorizadas a decidirem sobre o retorno presencial ou não. O novo Plano de Convivência permite que os alunos voltem às salas de aula. Apesar da autorização para retomada das atividades, as medidas preventivas seguem obrigatórias, como uso da máscara, disponibilidade de álcool 70 nos estabelecimentos públicos e privados e distanciamento social.