terça-feira, 18 de maio de 2021

PARABÉNS BEZERROS PELOS 151 ANOS




No dia 18 do Maio
De 1870
Nascia uma cidade querida
Que todo mundo comenta
Bezerros, meu amor!
Meu orgulho só aumenta.

A terra que é símbolo
De tanta arte e cultura
Que vai do Papangu
Até a literatura
É referência cultural
Do cordel a xilogravura.

Bezerros de J. Borges
Da Serra Negra e do Boqueirão
De Lula Vassoureiro
Do Carnaval e do São João
De Irmã Júlia e Irmã Célia
De São José e São Sebastião.

Bezerros da Cônego Alexandre
Centenária Banda Musical
De Zito Farias e de Mileide
De Carlos Marques e Wenceslau
De Ronaldo Souto Maior
De Sivonaldo e Robeval.

Bezerros de tantos doutores
Lucas, Marcone e Amorim
Rinaldo, Sandro e Pedro Jorge
Sidney, Rafael e Joaquim
É médico que só a gota
A lista quase não tem fim.

Bezerros dos Casarios
E da Matriz Bicentenária
Da rua torta e da prefeitura
Da Estação Ferroviária
Do campo do Botafogo
E da praça centenária.

Bezerros do Rio Ipojuca
E da passagem molhada
Da ponte nova e da de ferro
Onde o trem fazia zuada
Da ponte do comércio
E da ponte inacabada.

Bezerros do bolo e do doce
Da romã e do granito
Da tradicional Norte Bolos
Que tudo que faz é bonito
De Encruzilhada de São João
Que vende de bolacha a cabrito.

Bezerros de muito amor
Espalhado em toda cidade
Em cada detalhe criado
Em cada personalidade
O sinônimo deste lugar
É o mesmo que felicidade.

Bezerros do povo do bem
Que se sente bem em ajudar
Que sente orgulho o tempo todo
Da nossa terra, nosso lugar
Que faz do nome BEZERROS
O significado da palavra AMAR!

Texto e foto: Renato Luiz