sexta-feira, 6 de novembro de 2020

MARCELO GOMES DIZ QUE A PREFEITURA NÃO FOI TRANSPARENTE SOBRE QUAIS FORAM AS SUAS AÇÕES PARA COMBATER O CORONAVÍRUS NA CIDADE




Na manhã desta sexta (06), a Rádio Liberdade promoveu debate com os prefeituráveis do atual pleito eleitoral de Caruaru. O candidato Marcelo Gomes (PSB) esteve presente, com responsabilidade e compromisso com a imprensa e o eleitor, a fim de apresentar à população as suas propostas e metas para fazer da Capital do Agreste uma cidade moderna e inteligente, com os investimentos certos e uma rede de apoio que irá fazer um mandato diferenciado e de destaque.

Marcelo começou falando de uma das suas propostas, com foco na saúde, que é a construção de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para atender aqueles que mais precisam e desafogar as outras unidades. “Toda a população do segundo distrito de Caruaru, o maior da zona rural, irá contar com a atenção que merece e que não foi dada pela gestão atual. Cachoeira Seca irá ter uma UPA, com diversas especialidades médicas para que o homem e a mulher do campo possam cuidar de toda a família”, explicou o candidato. A pandemia de Covid-19 também serviu de base para alguns questionamentos de Marcelo para a gestora atual que, mais uma vez, não compareceu para prestar esclarecimentos à população. “A prefeitura não foi transparente sobre quais foram as suas ações para combater o coronavírus na cidade. Se não fosse o olhar do Governo de Pernambuco, na distribuição de recursos, e a cobrança de órgãos como o Ministério Público, nada teria sido feito”.

A temática da inclusão digital também esteve em pauta, quando o candidato destacou o quanto uma gestão modernizada pode fazer diferença para a vida dos caruaruenses. “A máquina da prefeitura atual já está mais inchada, não podemos criar novos cargos e estruturas administrativas, temos que pensar no povo, olhar nos olhos deles e apresentar propostas que fazem diferença na vida deles”, ressalta Gomes. Sobre acessibilidade, também foram apresentadas propostas para que qualquer cidadão, independente da sua deficiência ou dificuldade, possa ter acesso aos equipamentos públicos de forma plena. “Tenho o exemplo de Laura Gomes, que implantou ferramentas – como o camarote da acessibilidade - nos principais eventos da região. Não podemos esquecer essas pessoas!”, explicou.

Em suas considerações finais, Marcelo ressaltou a importância do evento, no processo democrático, e reafirmou o quanto o segundo turno se faz necessário.

Visualizações

Quem é Adriano Luiz?

Minha foto
Caruaru, PE, Brazil
Radialista desde abril de 2004. Locutor na Rádio Liberdade FM 94,7 de Caruaru-PE. Facebook, Twitter e Instagram: @adrianoluizloc