quinta-feira, 16 de abril de 2020

MÁSCARAS SÃO CONFECCIONADAS EM GARANHUNS PARA DOAÇÃO


Com as novas recomendações do Ministério da Saúde relacionadas ao uso de máscaras pela população em geral, como forma de prevenção ao contágio da Covid-19, integrantes de um projeto de Garanhuns deram início, em parceria com o Governo Municipal, a produção de equipamentos de proteção individual (EPIs). O material é voltado para o público-alvo formado por profissionais da área de saúde, pessoas com mais de 60 anos e portadores de doenças crônicas.

O trabalho vem sendo desenvolvido pelo ‘Projeto Cuide-se’ em uma escola da Rede Municipal de Ensino, cedida pela Secretaria Municipal de Educação, com a produção atual de 500 unidades por dia. O material utilizado para confecção das máscaras descartáveis é o tecido não tecido (TNT), que forma uma barreira, evitando a proliferação de gotículas e aerossóis.


Ao todo, 12 voluntários estão trabalhando no processo de corte, costura e finalização das máscaras. Após a produção, todo material é encaminhado para higienização com hipoclorito de sódio e secagem. Para que então, sejam montados kits de distribuição, com 50 unidades cada. “Nos juntamos voluntariamente para idealizar esse trabalho, buscando evitar o contágio pelo coronavírus em Garanhuns. Também estamos orientando a população sobre o uso correto destas máscaras”, afirmou o diretor do projeto, Junior Silva.

A equipe também está recebendo as orientações técnicas dos profissionais da Secretaria Municipal de Saúde, durante a fabricação. “Ficamos felizes e agradecidos com iniciativas como esta. As máscaras se somam às diversas estratégias de prevenção, concentrando as máscaras N95 para uso dos profissionais de saúde, que estão atuando na linha de frente no combate ao coronavírus”, destacou a gestora da pasta, Nilva Mendes.

O material utilizado foi adquirido por meio de doações de pessoas físicas e jurídicas, que ainda podem ser realizadas. A iniciativa está recebendo materiais como tecidos de TNT, tesouras, linhas de costura, cordão de elástico, hipoclorito de sódio, ou doações em dinheiro. Além de voluntários para atuar na fabricação de máscaras. Para ajudar e participar, os interessados devem entrar em contato com o projeto por meio dos telefones: (15) 98828-4073 (WhatsApp) e (87) 9 8172-7208.

Texto e fotos: Aquilles Soares — (Secom/PMG)

Nenhum comentário:

Postar um comentário