segunda-feira, 16 de dezembro de 2019

CARUARU INVESTE PARA TRANSFORMAR A CIDADE PELA EDUCAÇÃO



Com o objetivo de melhorar a qualidade do ensino e assegurar a todos os estudantes da rede municipal acesso, permanência e o sucesso escolar, a Prefeitura de Caruaru, através da Secretaria de Educação (SEDUC), tem feito vários investimentos e recebido destaque no âmbito nacional.
Prova disso, são alunos medalhistas nas mais diversas Olimpíadas do Conhecimento, a exemplo da Olimpíada Brasileira de Matemática (OBMEP), Olimpíada Brasileira de Astronomia – OBA e 13a Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG), além da Olimpíada de Geografia e da Olimpíada Brasileira de Robótica.
A Olimpíada de Língua Portuguesa (OLP) também teve representante caruaruense na grande final, fato pioneiro na educação do município. O aluno Jairo Bezerra, da Escola em Tempo Integral Álvaro Lins é medalha de ouro e escreveu o seu nome na história.



O estudante se destacou entre cerca de 40 alunos de 8º e 9º anos do Ensino Fundamental e seus professores, de todas as regiões do país, que concorreram com mais de 171 mil alunos inscritos de 42.086 escolas, em 4.876 municípios e com 85.908 professores participantes. “Estamos muito felizes com o reconhecimento. Eu e o meu professor fomos confiantes e voltamos vitoriosos, graças a Deus. Com a medalha, eu entendi que a escrita também é uma arte de se comunicar, para mim é uma fotografia sem clique. Agora eu já estou me preparando para novos desafios”, comemorou o garoto.
Outra ação, resultado do novo jeito de fazer educação em Caruaru, levou jovens que nunca pensaram em sair da cidade a embarcarem para Brasília (DF), sendo os únicos do Nordeste, selecionados para participar do projeto Câmara Mirim, no mês de novembro. Uma ação educativa promovida pela Câmara dos Deputados para simular a atividade legislativa, desde a elaboração do Projeto de Lei até a votação em comissões da Câmara.
A Educação de Jovens e Adultos (EJA) também é destaque com a inserção de um currículo diferenciado em que interliga os estudantes com o mercado de trabalho. Outro projeto que tem dado certo é o Trilhas do Sucesso que potencializa as aprendizagens em Língua Portuguesa e Matemática para estudantes dos 5ºs e 9ºs anos, através de aulas de reforço para que os estudantes adquiram habilidades que compreendem seguimentos do Ensino Fundamental objetivando melhorar os índices nas avaliações externas.   



A Educação Inclusiva respira com novos ares. Além do atendimento psicossocial que é feito nas escolas, os alunos da rede municipal de ensino, que sofrem de baixa visão ou cegueira, receberam os livros ampliados e o kit de material escolar específico para cada necessidade e que já está sendo usado neste segundo semestre. Já os surdos têm interprete de Libras a inteira disposição, o que tem de fato ajudado a superar os desafios no aprendizado e tornado os estudantes protagonistas da suas próprias histórias.

Além do kit de material escolar e os livros ampliados, as salas de Recursos Multifuncionais também receberam objetos adequados para auxiliar no desenvolvimento das habilidades das crianças e jovens. Além disso, mais de 80 profissionais receberam formação com introdução ao sistema Braille e confecção de materiais para estimulação visual.

Os investimentos também estimam os professores e profissionais da educação. Tendo em vista combater o fracasso escolar, a SEDUC implantou um sistema de formação continuada para professores da cidade e da zona rural que receberam qualificação mensalmente, durante todo o ano.





“As formações continuadas servem para nortear os professores na ampliação das atividades pedagógicas, aperfeiçoando o aprendizado dos alunos, por meio das metodologias aplicadas nas escolas e creches. Dessa forma, é possível aprimorar a proficiência contra a distorção idade/série, que é uma variável na composição do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB)”, comentou o secretário de Educação, Henrique Oliveira.
A valorização do professor é um ponto fundamental para o andamento e o sucesso do ensino. Por isso, 2.620 profissionais foram presenteados, pela Prefeitura de Caruaru, com um bônus de R$ 300 para aquisição de livros na Feira Nacional do Livro do Agreste (Fenagreste). O objetivo foi incentivar a leitura e contribuir para o desenvolvimento pedagógico em sala de aula. O investimento foi na ordem de R$ 800 mil.
Para neutralizar os rankings de reprovação, distorção da idade/série ao ano, abandono escolar e, ainda, melhorar os índices dos resultados das metas projetadas exigidas pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), foi criado o Programa Aluno Presente que visa monitorar e combater a infrequência escolar da rede municipal de ensino da cidade e do campo.



“Hoje nós temos uma rede de ensino que oferece todas as possibilidades de melhoria do processo ensino/aprendizagem. Valorizamos os nossos profissionais e garantimos conforto, segurança e boa alimentação aos nossos alunos que têm acesso a merenda de qualidade, com a exclusão dos produtos embutidos e a inclusão de alimentos saudáveis como frutos, legumes, tubérculos e carnes. Além disso, todas as crianças matriculadas nas nossas escolas têm acesso à água mineral”, pontuou.
A saúde e a qualidade de vida dos estudantes também recebem atenção especial da Prefeitura de Caruaru, com implantação do Programa Aprender com Saúde, que leva mais de dez serviços para dentro das escolas. Hoje, os estudantes podem contar, por exemplo, com tratamento ocular, sem precisar sair da escola. Essa é a realidade de milhares alunos que já passaram por consultas, triagem, exames e receberam os óculos, gratuitamente. O programa também garante tratamento dentário para todos os alunos da rede municipal de ensino. Os atendimentos continuam até atingir 100% da rede.
Na parte de infraestrutura, a Prefeitura também não deixa a desejar e tem chegado forte com obras, com reforma e ampliação nas creches e escolas, da cidade e da zona rural, que não passavam por reparos há décadas. Como é o caso da Escola Municipal Joaquim Nabuco, na vila Jacaré Grande, que desde a fundação, há mais de 60 anos, a unidade de ensino não recebia nenhum tipo de reparo.  As requalificações já atingem a marca de mais de 50 unidades de ensino que estão totalmente de cara nova.





E o que era um problema para as famílias caruaruenses começa a ser um sonho realizado. As vagas em creches foram aumentadas consideravelmente. Até agora mais 5.600 vagas foram criadas. Na atual gestão, cinco creches foram inauguradas: Ivanise Flora, Pinheirão, Guiomar Lima e Dona Biu, além da Dom Antônio Costa, que passou a receber crianças com idades de quatro meses a três anos. A expectativa é inaugurar outras três já para atender as demandas de 2020, e, até o fim da gestão, entregar as outras nove, que já estão sendo construídas, vinte e uma ampliações e com a aquisição de novos prédios chegar ao cumprimento das 8 mil vagas anunciadas no Plano de Governo da prefeita .
“Para garantir que toda a demanda de vaga de creche seja atendida, criamos a Central de Atendimento a Vagas de Creche (CAV), um ganho para a população, pois estamos trabalhando na eliminação das fraudes, erros e interferências que prejudicavam o andamento da fila de espera”, assegurou o secretário.

A educação também é feita através do esporte. Depois de anos sem a devida valorização da categoria, a Prefeitura de Caruaru investe pesado na realização dos Jogos Escolares e o dos Jogos Paraesportivos (JEMC) que, este ano, envolveu mais de cinco mil alunos/atletas de mais de 100 instituições de ensino das redes federal, estadual, municipal e particular.



Atualmente, o município de Caruaru conta com 135 escolas, cerca de 2.350 professores e mais de 43 mil estudantes.


Fotos: Arnaldo Félix

Nenhum comentário:

Postar um comentário